Lições de Liderança em 1Crônicas 21

liderança

Em 1Crônicas 21 está registrada a história em que o rei Davi, incitado por Satanás, faz um recenseamento do povo de Israel, o que foi reprovado por Deus, que puniu Israel. O estudioso Schenker oferece cinco possibilidades para essa reprovação:

  1. As tribos sentiram uma ameaça à sua independência;
  2. O ideal carismático da guerra santa de Deus foi secularizado;
  3. A benção de Deus não podia ser reduzida a meras estatísticas;
  4. Davi deixou de reconhecer o recenseamento como prerrogativa de Javé ao não pagar o resgate expiatório;
  5. Foi uma expressão do orgulho humano.

De acordo com o teólogo, possivelmente, a quinta opção seja a verdadeira. Antes, contudo, de se meter nessa encrenca, Davi foi persuadido por Joabe, comandante de seu exército a não fazê-lo. Entretanto, a vontade do rei acabou prevalecendo e o comandante foi por todo Israel para fazer a contagem dos homens de guerra, deixando Benjamin e Levi de fora, já que considerava a ordem de Davi absurda. No final das contas, um milhão e cem mil homens de guerra foram contados, o que, até nos dias de hoje, seria um baita de um exército.

Três importantes lições sobre liderança podem ser extraídas desse episódio bíblico:

1. Quando o orgulho é a motivação de um projeto, ele poderá terminar mal

Foi provavalmente movido pelo orgulho que Davi realizou o senso do seu exército. Queria ver o tamanho do seu poderio militar. Acabou perdendo de modo leviano setenta mil vidas, as quais foram extintas por punição divina.

2. Liderados podem e devem debater projetos e ideias com seus líderes, mas a palavra final é deles e deve ser obedecida

Joabe debateu intensamente com Davi a respeito de seu projeto, mas, no frigir dos ovos, prevaleceu a vontade do rei. Não há problema algum aqui. Joabe agiu bem ao argumentar e contra argumentar com seu líder e Davi agiu bem ao tomar a decisão final, por mais que ela tenha sido equivocada.

3. Um liderado não deve obedecer a uma ordem pela metade

Joabe obedeceu à ordem de Davi, mas não completamente. Ele fez o recenseamento do povo, mas deixou duas tribos de fora por considerar que a ordem de Davi era absurda. Enquanto liderado, que havia discutido com Davi a respeito, mas recebido dele uma ordem, ele não tinha o direito de obedecer parcialmente, o que é quase igual a desobedecer. A ordem deveria ter sido cumprida, mesmo que ele discordasse dela. Isso é submissão e lealdade.

Até a próxima!

Anúncios

Sobre insightscristaos

Samyr Trad é teólogo, administrador e pastor na Igreja Batista Central de Belo Horizonte.
Esse post foi publicado em Devocionais e marcado . Guardar link permanente.

Uma resposta para Lições de Liderança em 1Crônicas 21

  1. Julia B Povoa Coutinho disse:

    Samyr, boa tarde.

    Li o texto acima sobre a liderança de Davi e li o comentário sobre o livro do Bill Haybells e me parece que são contraditórios. Porque o método administrativo usado pelo Bill Hybells e todas as empresas seculares, inclusive, está totalmente voltado para contagem do números de pessoas. Se puder, gostaria que compartilhasse seu entendimento sobre isso. Abraços,

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s