Jesus é a vida, parte 2: Por que e como Jesus é a vida?

Introdução:

Encerramos, com a lição de hoje, a série “Único: a exclusividade de Jesus”. Na semana passada, vimos as visões populares sobre como desfrutar a vida, ou, em outras palavras, em função de que as pessoas em geral vivem. Apontamos que o mundo vive em função do ego, do prazer e do dinheiro, ou seja, que o egoísmo, o hedonismo e o mamonismo são filosofias que orientam o estilo de vida do mundo. Além disso, vimos também respostas bíblicas para cada um desses “ismos”, refutando-os através da Palavra de Deus. Na lição de hoje, veremos por que e como Jesus é a vida. Que o Espírito de Jesus gere vida em nossos corações!

Desenvolvimento:

Se o mundo vive em função do ego, do prazer e do dinheiro, o convite de Jesus é que seus discípulos vivam em obediência a Deus e para as outras pessoas. As filosofias do Reino de Deus são o altruísmo e a abnegação, ou renúncia. Sintetizando isso, Jesus disse aos seus discípulos: “Vocês sabem que os governantes das nações as dominam, e as pessoas importantes exercem poder sobre elas. Não será assim entre vocês. Ao contrário, quem quiser tornar-se importante entre vocês deverá ser servo; e quem quiser ser o primeiro deverá ser escravo de todos. Pois nem mesmo o Filho do homem veio para ser servido, mas para servir e dar a sua vida em resgate por muitos” (Marcos 10.42-45).

Jesus é a vida e, por isso, pode nos ensinar a como desfrutá-la. Por que e como Jesus é a vida? Podemos apontar três respostas para isso. São elas:

1. Ele nos livra da morte espiritual

Logo no início da Bíblia Sagrada, após Adão e sua mulher terem desobedecido a Deus e passado a experimentar a morte espiritual, foi profetizado: “Porei inimizade entre você e a mulher, entre a sua descendência e o descendente dela; este lhe ferirá a cabeça, e você lhe ferirá o calcanhar” (Gênesis 2.15). Esse pequeno texto, chamado pelos estudiosos de proto-evangelho, aponta para obra de vivificação que Jesus realizaria em prol dos seres humanos. Ele os livraria da morte espiritual.

E isso ele fez! O texto da Bíblia mais conhecido diz: “Porque Deus tanto amou o mundo que deu o seu Filho Unigênito, para que todo o que nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna” (João 3.16). Tratando de Jesus, Paulo escreveu aos Romanos: “Assim como uma só transgressão resultou na condenação de todos os homens, assim também um só ato de justiça resultou na justificação que traz vida a todos os homens” (Romanos 5.18). E ainda aos Coríntios: “Visto que a morte veio por meio de um só homem, também a ressurreição dos mortos veio por meio de um só homem. Pois da mesma forma como em Adão todos morrem, em Cristo todos serão vivificados” (1Coríntios 15.21-22).

2. Ele nos dá uma nova vida

Além de nos livrar da morte espiritual, isto é, da separação de Deus, Jesus também nos dá uma nova vida, ou seja, transforma a qualidade da nossa vida na terra, nos ensinando a viver bem. João escreveu que em Jesus “estava a vida, e esta era a luz dos homens” (João 1.4). Através de seu estilo de vida, Jesus demonstrou o que é uma vida de acordo com a vontade de Deus, plena e feliz, e essa vida foi como uma luz que expôs e confrontou os seres humanos em sua maneira pecaminosa de viver. Jesus disse: “Eu vim para que tenham vida, e a tenham plenamente” (João 10.10). Em Jesus, há a possibilidade de uma nova vida, plena e cheia de significado, bem diferente do estilo mundano e vazio de se viver.

Paulo escreveu aos Romanos: “Considerem-se mortos para o pecados, mas vivos para Deus em Cristo Jesus. Portanto, não permitam que o pecado continue dominando os seus corpos mortais, fazendo que vocês obedeçam aos seus desejos. Não ofereçam os membros dos corpo de vocês ao pecado, como instrumentos de injustiça; antes ofereçam-se a Deus como quem voltou da morte para a vida” (Romanos 6.11-13). E ainda aos Coríntios: Ele morreu por todos para que aqueles que vivem já não vivam mais para si mesmos, mas para aquele que por eles morreu e ressuscitou. (…) Portanto, se alguém está em Cristo, é nova criação. A coisas antigas já passaram; eis que surgiram coisas novas!” (2Coríntios 5.15,17).

3. Ele nos dá vida eterna

Além de nos livrar da morte espiritual e dar uma nova vida, Jesus também nos dá vida eterna, no sentido de podermos passar a eternidade com Deus. Aqui, cabe citar mais uma vez o texto de João 3.16, que diz: “Porque Deus tanto amou o mundo que deu o seu Filho Unigênito, para que todo o que nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna“. Vida eterna, nesse texto, diz respeito tanto ao livramento da morte espiritual e à transformação da qualidade da vida na terra, quanto à vida futura. A palavra grega para “vida” é “zoe” e para “eterna” é “aion”. Dentre muitas possibilidades, “zoe” aponta para a qualidade de vida que Deus tem e “aion” significa “tempo muito longo”. Assim, vida eterna também diz respeito à vida futura que desfrutaremos ao lado de Deus para todo o sempre. Essa vida nos é dada por Jesus. Ele é a garantia de que iremos participar disso.

Conclusão:

Jesus nos livra da morte espiritual, nos dá uma nova vida e nos dá a vida eterna. Contudo, conforme escreveu João, apenas aqueles que em Cristo se apropriam desses benefícios. Aquele que crê em Cristo está livre da morte espiritual, passará a eternidade ao lado de Deus e é desafiado, dia após dia, a viver uma vida de acordo com a vontade divina, a qual é plena e feliz. Jesus é único e, conforme declarou Pedro, “não há salvação em nenhum outro, pois, debaixo do céu não há nenhum outro nome dado aos homens pelo qual devamos ser salvos” (Atos 4.12).

  1. Você crê que Jesus é a vida?
  2. Você já experimentou o livramento da morte espiritual?
  3. Você tem sido transformado no seu modo de viver, adequando-o, dia após dia, à vontade de Deus?
  4. Você tem a garantia de uma vida ao lado de Deus após a sua morte?
Anúncios

Sobre insightscristaos

Samyr Trad é teólogo, administrador e pastor na Igreja Batista Central de Belo Horizonte.
Esse post foi publicado em Lições de célula. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s