As contribuições da Igreja Romana

“Não se pode ignorar as contribuições reais e positivas da Igreja Romana entre 590 e 1305, a despeito de tantas evidências do fracasso nas práticas pessoais e institucionais. Foi ela que legou a cultura greco-romana e a religião cristã aos germanos bárbaros que tomaram o Império Romano. Foi ela que forneceu a única cultura e erudição autênticas que se mantiveram vivas através de obras de eruditos como Beda, Alcuíno, Einhard e outros. O nível moral da sociedade foi melhorado com a diminuição dos males da escravidão, com a elevação da posição da mulher e com a suavização dos horrores das guerras feudais. A Igreja Romana possibilitou que obras de socorro e de caridade se fizessem na Idade Média. Foi ela que deu uma unidade intelectual à vida através do sistema teológico que os escolásticos desenvolveram. Foi ela que forjou nos homens seu sentido de solidariedade como membros da raça humana, a despeito das tendências descentralizadoras do feudalismo. Deus usou a Igreja Romana para levar adiante seus propósitos, apesar de seus erros em tantos pontos quando comparada com a verdadeira Igreja descrita no Novo Testamento”.

Earle E. Cairns, em O Cristianismo através dos séculos, à página 197

Anúncios

Sobre insightscristaos

Samyr Trad é teólogo, administrador e pastor na Igreja Batista Central de Belo Horizonte.
Esse post foi publicado em Citações. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s