“Desviados” ou não-salvos?

“Eles saíram do nosso meio, mas na realidade não eram dos nossos, pois, se fossem dos nossos, teriam permanecido conosco; o fato de terem saído mostra que nenhum deles era dos nossos” (1João 2.19).

Uma das coisas que mais inquieta a alma dos evangélicos é a questão dos “desviados”. Quem são esses? São aqueles que, durante um período passado, participaram da comunhão da igreja e praticaram a espiritualidade cristã. Hoje, entretanto, não o fazem mais. Desviaram-se do caminho do Senhor.

Essa questão inquieta a alma de alguns por conta da possibilidade da perda de salvação. Aquele que está desviado perdeu a sua salvação? Poderá ele retornar para o caminho do Senhor, caso assim queira? Não me proponho a discutir aqui a possibilidade ou não da perda de salvação. Talvez em outro momento. Gostaria, entretanto, de acrescentar um ingrediente nessa sopa.

O apóstolo João, em sua primeira epístola, afirma a possibilidade de uma pessoa que participou da comunhão da igreja e se afastou, na verdade, não ser, de fato, filha de Deus e integrante do Corpo de Cristo. Apesar de participar da comunhão visível, não pertence à igreja invisível. Assim, diante de circunstâncias diversas, não permanece e sai da comunhão. Não estou afirmando que todos os “desviados” se enquadram nessa condição. Mas a Bíblia está, sim, nos ensinando sobre essa alternativa. Atentemos, então, para ela. Alguns “desviados”, na verdade, podem não ser crentes verdadeiros.

Anúncios

Sobre insightscristaos

Samyr Trad é teólogo, administrador e pastor na Igreja Batista Central de Belo Horizonte.
Esse post foi publicado em Devocionais. Bookmark o link permanente.

5 respostas para “Desviados” ou não-salvos?

  1. Samyr, gostei muito do seu texto, mas gostaria de saber a sua opinião sobre a perda da salvação e o link desta com a teoria, doutrina da predestinação.
    Abraços
    Deus continue te iluminando!

    Curtir

  2. felipemassote disse:

    Excelente reflexão! E que me suscita duas outras questões:

    – O que é “comunhão da igreja”?
    – O que é praticar a “espiritualidade cristã”?

    Valeu, Samyr!

    Curtir

  3. Wânia Peixoto disse:

    Alguns “desviados”, na verdade, podem não ser crentes verdadeiros.
    Então… é isso!
    Parabéns pela escolha das imagens! Elas são perfeitas para os textos!

    Curtir

  4. marcos disse:

    a paz do Senhor querido quero lhe fazer uma pergunta se a pessoa que aceitou a Jesus Cristo como salvador da sua vida, se desviar e fazer tudo que fazia antes de aceitar a Jesus ela tem direito na salvação sem se reconciliar.

    Curtir

    • Olá, meu caro!
      Tudo bem?
      Esse é um assunto delicado. Mas vou lhe dizer o que penso a partir da Bíblia Sagrada. Se a pessoa realmente aceitou a Jesus Cristo como salvador de sua vida, ela está reconciliada com Deus. Se ela se desviar e fizer tudo o que fazia antes de aceitar a Jesus, Deus a trará de volta em quebrantamento e arrependimento, como fez com Davi. A grande questão é que muitas das pessoas que consideramos desviadas na verdade não se converteram a Cristo. Apenas se sentiram atraídas pelo Evangelho e seguiram a Cristo durante um tempo. É o caso da multidão de João 6 e do solo pedregoso da Parábola do Semeador. Se a salvação é pela graça, a perdição não pode ser pelas obras.
      Abraço

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s