Enfermidades: quais as causas e as soluções?

Introdução:

São várias as enfermidades que têm acometido os seres humanos ao longo da História. Essas enfermidades são variadas tendo em vista os tipos e causas e, conseqüentemente, as soluções.

Para início de conversa, podemos afirmar que as enfermidades têm, basicamente, três origens: o corpo, a alma e/ou o espírito. Assim, uma enfermidade pode ser exclusivamente do corpo, da alma ou do espírito, pode advir de uma combinação entre corpo e alma, alma e espírito ou corpo e espírito, ou, ainda, de uma combinação entre corpo, alma e espírito.

Vamos tomar como exemplo a depressão. A depressão pode ter uma origem física, ao ser causada por um desequilíbrio químico no organismo; uma origem psicológica, por trauma devido a uma perda, decepção ou frustração; uma origem espiritual, pela opressão de um espírito maligno; ou ainda uma combinação de duas ou das três possibilidades de origem.

Desenvolvimento:

A partir disso, vamos apontar os possíveis tipos de enfermidades existentes. A questão é: se uma enfermidade pode ter origem no corpo, na alma e/ou no espírito, quais são os tipos de enfermidades existentes? Respondendo a essa pergunta, apontamos seis tipos de enfermidades, tendo em vista as suas causas. São eles:

  1. Por desleixo para com a saúde;
  2. Por fatalidades e acidentes;
  3. Por questões genéticas;
  4. Por opressão maligna;
  5. Por pecados não-tratados;
  6. Por amargura e rancor.

1. Por desleixo para com a saúde

Muitas enfermidades têm por causa o desleixo para com a saúde. Esse desleixo pode se dar das seguintes maneiras:

  • Não tomar as vacinas recomendadas;
  • Não consultar os médicos recomendados;
  • Não praticar atividades físicas;
  • Não ter uma alimentação saudável;
  • Não ter um sono de qualidade;
  • Não ter momentos de lazer e descanso;
  • Trabalhar em excesso;
  • Não consultar um médico diante de uma enfermidade;
  • Automedicar-se;
  • Não seguir um tratamento indicado por um médico.

2. Por fatalidades e acidentes

Muitas enfermidades têm por causa fatalidades e acidentes. Quais os conceitos dessas duas palavras? Fatalidade é uma conseqüência desastrosa de um acontecimento. Acidente é um acontecimento imprevisto, geralmente lamentável e infeliz. Alguns exemplos desse tipo de enfermidade:

  • Uma pessoa que perde um dos dedos em um acidente de trabalho, como o ex-presidente Lula;
  • Uma pessoa que tem uma de suas pernas mutilada em um acidente marítimo, como o velejador brasileiro Larz Grael;
  • Uma pessoa que fica paraplégica após um acidente aéreo, como o músico Hebert Vianna;
  • Uma pessoa aparentemente saudável que, de repente, é diagnosticada com câncer.

A Bíblia Sagrada tem um possível exemplo desse tipo de enfermidade. Trata-se da cura de uma mulher hemorrágica, que está em Marcos 5.25-34. Essa mulher sofria da hemorragia há doze anos e lutava intensamente pela sua cura. Ou seja, aparentemente, não era um caso de desleixo para com a saúde, nem de questões genéticas.

3. Por questões genéticas

Muitas enfermidades têm por causa questões genéticas. Assim, a enfermidade não se dá por desleixo para com a saúde ou por fatalidades e acidentes. A pessoa nasce com a enfermidade ou com potencial para desenvolvê-la.

A Bíblia Sagrada nos apresenta dois casos desse tipo de enfermidade. O primeiro é um cego de nascença, cuja história de cura está registrada em João 9.1-12. O segundo é um mendigo aleijado de nascença, cuja história de cura está registrada em Atos 3.1-10.

4. Por opressão maligna

Muitas enfermidade têm por causa opressão maligna. Nesse caso, a enfermidade é gerada pela atuação de um espírito maligno sobre o corpo e/ou a alma da pessoa.

A Bíblia Sagrada nos apresenta dois casos desse tipo de enfermidade. O primeiro é um menino endemoninhado, cuja história de libertação está em Marcos 9.14-29. Pela ação de espíritos malignos, o menino era surdo, mudo e epilético. O segundo é uma mulher  encurvada, cuja história de libertação está em Lucas 13.10-17. Pela ação de espíritos malignos, a mulher andava curvada e não conseguia se endireitar.

5. Por pecados não-tratados

Muitas enfermidades têm por causa pecados não-tratados. Nesse caso, o pecado não-tratado (entenda-se, reconhecido, confessado e deixado) torna a pessoa vulnerável às enfermidades, por estar sem a benção de Deus em sua vida. O texto de Deuteronômio 28.21-22 trata sobre isso: “O Senhor os encherá de doenças até baní-los da terra em que vocês estão entrando para dela tomar posse. O Senhor os ferirá com doenças devastadoras, febre e inflamação, com calor abrasador e seca, com ferrugem e mofo, que os infestarão até que morram”.

A Bíblia Sagrada nos apresenta dois casos desse tipo de enfermidade. O primeiro é um paralítico no tanque de Betesda, cuja história de cura está em João 5.1-15. Após ser curado por Jesus, esse homem ouviu da parte dele: “Não volte a pecar, para que algo pior não lhe aconteça” (v.14). O segundo é Jeorão, rei de Judá, cuja história está em 2Crônicas 21.4-20. Por ter feito o que o Senhor reprova, Jeorão foi afligido com uma doença incurável nos intestinos, a qual se agravou e o levou à morte.

6. Por amargura e rancor

Muitas enfermidades têm por causa amargura e rancor. A ciência chama algumas delas de doenças psicossomáticas, ou seja, que têm origem na alma e adoecem o corpo. Podem ser causadas por estresse, ansiedade e, também pela amargura. De que se trata a amargura? A amargura é uma reação a uma ofensa que alguém tenha cometido contra nós. A Bíblia Sagrada a chama de raiz, através da expressão “raiz de amargura” (cf. Hebreus 12.15). Assim, a amargura é algo que prende uma pessoa a um fato passado, impedindo que ela avance em sua vida e podendo, até mesmo, gerar uma enfermidade.

A Bíblia tem um exemplo quanto a isso. Está na parábola do servo impiedoso, registrada em Mateus 18.21-35. Ao final da parábola, o servo impiedoso, por não ter perdoado o seu conservo, foi entregue aos torturadores. Segundo Jesus, isto é o que acontece com aqueles que não perdoam os seu ofensores, guardando amargura: são pessoas torturadas e perturbadas, enfermas da alma e, às vezes, até do corpo.

Quais são as soluções para esses tipos de enfermidades em suas diferentes causas? Vamos a elas:

1. Cuidado para com a saúde

Para as enfermidade que têm como causa o desleixo para com a saúde, a solução é cuidar dela. Isso pode se dar das seguintes maneiras:

  • Tomar as vacinas recomendadas;
  • Consultar os médicos recomendados;
  • Praticar atividades físicas;
  • Ter uma alimentação saudável;
  • Ter um sono de qualidade;
  • Ter momentos de lazer e descanso;
  • Não trabalhar em excesso;
  • Consultar um médico diante de uma enfermidade;
  • Não automedicar-se;
  • Seguir um tratamento indicado por um médico.

O apóstolo Paulo escreveu a seu discípulo Timóteo: “Atente bem para a sua própria vida” (1Timóteo 4.16).

2. Ser liberto da opressão maligna

3. Tratar o pecado

4. Liberar perdão

5. Orar e receber oração

Se há enfermidades causadas por fatalidades e acidentes ou questões genéticas, para elas, além de tratamentos médicos, como solução, há a oração. Em Tiago 4.2-3;5.14-15 está escrito: “Não têm, porque não pedem. Quando pedem , não recebem, pois pedem por motivos errados, para gastar em seus prazeres. (…) Entre vocês há alguém que está doente? Que ele mande chamar os presbíteros da igreja, para que estes orem sobre ele e o unjam com óleo, em nome do Senhor. A oração feita com fé curará o doente; o Senhor o levantará”.

Conclusão:

Qual é o seu caso?

  1. Se enfermidade por desleixo para com a saúde, cuide-se;
  2. Se enfermidade por opressão maligna, busque libertação;
  3. Se enfermidade por pecados não-tratados, trate-os;
  4. Se enfermidade por amargura e rancor, libere perdão;
  5. Se enfermidade por fatalidades e acidentes ou por questões genéticas, ore e peça oração.
Anúncios

Sobre insightscristaos

Samyr Trad é teólogo, administrador e pastor na Igreja Batista Central de Belo Horizonte.
Esse post foi publicado em Esboços. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para Enfermidades: quais as causas e as soluções?

  1. Sou geiza eu gostei muito de sabe os tipos de enfermidades vou mim cuidar mais

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s