Sobre a volta de Jesus

“Irmãos, quanto à vinda de nosso Senhor Jesus Cristo e à nossa reunião com ele, rogamos a vocês que não se deixem abalar nem alarmar tão facilmente, quer por profecia, quer por palavra, quer por carta supostamente vinda de nós, como se o dia do Senhor já tivesse chegado. Não deixem que ninguém os engane de modo algum” (2Tessalonicenses 2.1-3).

Fico impressionado como algumas notícias abalam as emoções e razões das pessoas, especialmente dos evangélicos, gerando um sem-número de artigos, mensagens, emails e comentários nesta era da internet. No que se refere à volta de Jesus então, os números são exponencializados.

Lembro-me de que, no contexto da eleição de Barack Obama à presidência dos Estados Unidos, o Google registrou (e ainda registra) milhares de páginas de sites com discussões sobre se ele poderia ou não ser o anti-Cristo profetizado pela Bíblia Sagrada. Além disso, diante de matérias jornalísticas ou propagandas sobre chips a serem colocados nas mãos ou nas testas de seres humanos, jorram milhares e milhões de comentários nas redes sociais, virtuais ou não, manifestando a inquietação e preocupação do povo de Deus com esses eventos chamados de escatológicos.

Muitos outros exemplos disso poderiam ser citados, mas penso que esses dois são suficientes. Para que não haja males entendidos, a questão não é se Barack Obama é de fato ou não o anti-Cristo e se esses chips são ou não a chamada marca da besta. A questão está em como lidamos com essas coisas, o que me parece não seguir as orientações bíblicas.

O texto de Paulo de Tarso acima citado ensina como os discípulos de Jesus devem lidar com os fatos e notícias supostamente ou verdadeiramente escatológicos. As palavras do apóstolo são: “não se deixem abalar nem alarmar tão facilmente” por qualquer tipo de palavra sobre esse assunto. Não se deixem enganar! Assim, o clima de insegurança e histeria que, muitas vezes, se instala no meio da igreja por conta de eventos “escatológicos” presentes não está de acordo com a Bíblia Sagrada e não é bom, gerando muitos problemas e enfermidades na alma dos evangélicos. Atentemos para o que a Palavra de Deus está nos ensinando!

Anúncios

Sobre insightscristaos

Samyr Trad é teólogo, administrador e pastor na Igreja Batista Central de Belo Horizonte.
Esse post foi publicado em Devocionais. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para Sobre a volta de Jesus

  1. Wânia Peixoto disse:

    Esse é um assunto que realmente mexe com a imaginação e emoção das pessoas. Além do mais é um tema extremamente intrigante, interessante, indagador.
    Porém, há algo maior que tudo isso: Qual a dúvida de que se estivermos Nele, como é o caso da Igreja de Cristo, estaremos com Ele para sempre?
    Então… vamos mais é nos alegrar! É a volta do nosso Senhor!
    Quando? Vamos aguardar…

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s