Os benefícios de se participar de uma igreja

Introdução:

Uma igreja não se limita às reuniões de suas células. Ela pode ser maior do que isso. Alem das células, a Igreja Batista Central possui outros componentes que fazem dela uma Igreja: os cultos semanais, que acontecem aos domingos, quintas-feiras e sábados; o CCM (Centro de Capacitação Ministerial), com seus diversos cursos; os ministérios, que são oportunidades tanto de receber quanto de dar, tais como: Aconselhamento, Central de Adoradores, Crianças, etc. Todos esses elementos constituem o todo da Igreja e visam fazer com que ela cumpra dois grandes propósitos: glorificar a Deus e edificar as pessoas.

Na última lição, enfatizamos a grande reunião e a importância de dela se participar. Na lição de hoje, abordaremos não apenas a grande reunião, mas os benefícios de se participar da igreja em sua totalidade. Que o Espírito Santo fale aos nossos corações!

Desenvolvimento:

Após essa introdução, com o intuito de promover um bate-papo, faça aos presentes as duas perguntas abaixo.

1. Você tem participado dos cultos semanais, do CCM e/ou de algum dos diversos ministérios da IBC? Como isso tem edificado a sua vida? Peça para alguns dos presentes darem testemunhos quanto a isso.

2. A partir do que foi dito, em sua opinião, quais são os benefícios que uma igreja pode trazer para uma pessoa que dela participa? Peça para alguns dos presentes darem suas opiniões quanto a isso.

Igreja é uma idéia de Deus e não de homens. A Bíblia diz que Jesus Cristo, o filho de Deus, foi quem fundou a Igreja. Com quais objetivos? Para promover a comunhão dos discípulos de Jesus com o Deus triúno e uns com os outros e, a partir disso e da proclamação do Evangelho, fazer de outras pessoas novos discípulos.

O que a Igreja tem que a torna tão atraente e necessária? Quais são os benefícios de se participar de uma igreja? Vamos a algumas respostas:

1. A Igreja é um lugar de amor

A base da Igreja é o amor. Sem o amor, a Igreja perde a essência. O apostolo Paulo assim escreveu para a Igreja de Roma: “Dediquem-se uns aos outros com amor fraternal” (Romanos 12.10). Podemos dizer que o amor se manifesta de três maneiras principais: aceitação, cuidado e comunhão. Assim, se a Igreja é um lugar de amor, a Igreja é um lugar onde as pessoas são aceitas, cuidadas e têm a oportunidade de relacionar com outros. Paulo também disse aos romanos: “Aceitem-se uns aos outros, da mesma forma que Cristo os aceitou, a fim de que vocês glorifiquem a Deus” (Romanos 15.7).

2. A Igreja é um lugar de adoração

A Bíblia como um todo convoca os filhos de Deus e toda a terra para louvar e adorar ao Senhor. O livro dos Salmos é encerrado com a seguinte exclamação: “Tudo o que tem vida louve o Senhor!” (Salmo 150.6). A Igreja é um lugar onde esse louvor e essa adoração podem ser praticados e manifestados. A IBC, hoje, além das células, tem quatro cultos semanais em que os participantes têm a oportunidade de louvar e adorar a Deus com liberdade e intensidade. Paulo assim disse à Igreja de Colossos: “Cantem salmos, hinos e cânticos espirituais com gratidão a Deus em seu coração” (Colossenses 3.16).

3. A Igreja é um lugar de ensino

A Bíblia nos dá duas grandes palavras de advertência. A primeira está em Oséias 4.6, que diz: “Meu povo foi destruído por falta de conhecimento”. A segunda em Mateus 22.29, onde está escrito: “Vocês estão enganados porque não conhecem as Escrituras nem o poder de Deus”. O povo de Deus, quando não conhece a Palavra do Senhor, pode ser destruído e enganado! Por isso, a Igreja também é um lugar de ensino. Paulo assim escreveu para a Igreja de Éfeso: “Ele designou alguns para apóstolos, outros para profetas, outros para evangelistas, e outros para pastores e mestres, com o fim de preparar os santos para a obra do ministério, para que o corpo de Cristo seja edificado” (Efésios 4.11-12). Paulo nos diz que o Senhor escolheu alguns do seio da Igreja para ministrarem a Palavra de Deus aos santos de modo que eles sejam edificados e capacitados para a obra do ministério. Na IBC, isso se dá principalmente através do CCM e das pregações ministradas nos cultos. Disso vem a importância de se participar dos cursos do CCM, que estão organizados em uma seqüência lógica de crescimento (Vida Cristã, Básico, Treinamento, Avançados) e dos cultos semanais.

4. A Igreja é um lugar de aconselhamento

A Bíblia diz: “Sem diretrizes a nação cai; o que salva é ter muitos conselheiros” (Provérbios 11.14); “Os planos fracassam por falta de conselho, mas são bem-sucedidos quando há muitos conselheiros” (Provérbios 15.22). Além disso, Paulo assim escreveu para os colossenses: “Aconselhem-se uns aos outros com toda a sabedoria” (Colossenses 3.16). A igreja é um lugar de aconselhamento para quem está precisando de solução para um problema, orientação para uma decisão, resposta para uma dúvida. Para tanto, na IBC, além dos líderes de célula e irmãos maduros, existe uma rede de aconselhamento com diversas frentes de atendimento, tais como: aconselhamento pastoral; o GAM, Grupo de Apoio Mutuo, para dependentes químicos e seus familiares; orientação jurídica, etc. De acordo com a sua necessidade, procure a ajuda dos líderes da igreja e desses ministérios de aconselhamento.

5. A Igreja é um lugar de oração

Igreja é lugar de oração. Deus disse: “A minha casa será chamada casa de oração” (Mateus 21.13). Tiago também escreveu em sua carta: “Orem uns pelos outros” (Tiago 5.16). A Igreja é um lugar em que você pode pedir aos irmãos para orarem por você. Paulo assim escreveu às Igrejas da Galácia e de Colossos: “Levem os fardos pesados uns dos outros” (Gálatas 6.2) e “Suportem-se uns aos outros” (Colossenses 3.13). Na Igreja, você pode receber ajuda e suporte de oração em suas tribulações e desafios.

6. A Igreja é um lugar de serviço

O apostolo Pedro assim escreveu: “Cada um exerça o dom que recebeu para servir os outros, administrando fielmente a graça de Deus em suas múltiplas formas” (1Pedro 4.10). Igreja é lugar de serviço. Nesse sentido, é um lugar em que, além de ser servido através dos diversos dons dados aos irmãos, você também pode servir, exercitando o dom que recebeu. Na IBC, existem diversas oportunidades de serviço aos irmãos, seja nas células, seja nos ministérios. No site da IBC, você pode encontrar uma lista dessas oportunidades ministeriais.

Conclusão:

Igreja é uma idéia de Deus para abençoar as pessoas. Esperamos que, através desta lição, você tenha percebido isso. Seguem então algumas perguntas:

1. O que tem impedido você de participar da totalidade igreja?

2.Você está disposto a tirar esses impedimentos e participar dos cultos, CCM e ministérios, para ser ministrado e também ministrar?

Anúncios

Sobre insightscristaos

Samyr Trad é teólogo, administrador e pastor na Igreja Batista Central de Belo Horizonte.
Esse post foi publicado em Lições de célula. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s