Como conhecer a vontade de Deus?

“Enquanto adoravam o Senhor e jejuavam, disse o Espírito Santo: ‘Separem-me Barnabé e Saulo para a obra a que os tenho chamado’. Assim, depois de jejuar e orar, impuseram-lhes as mãos e os enviaram. (…) Paulo e Barnabé designaram-lhes presbíteros em cada igreja; tendo orado e jejuado, eles os encomendaram ao Senhor, em que haviam confiado” (Atos 13.2-3; 14.23).

Esta é, sem dúvida, a grande pergunta dos cristãos: qual é a vontade do Senhor para a minha vida? A vontade de Deus pode ser classificada em dois tipos: geral e específica. A geral é para todos e já está revelada nas páginas da Bíblia Sagrada. A específica, como o próprio nome diz, se refere à vontade divina para cada indivíduo e circunstância, a qual não está necessariamente revelada nas Escrituras, tendo um quê de mistério. Como conhecer essa vontade?

O texto de Atos citado nos ensina a como conhecer a vontade de Deus. Ele inicia dizendo que, enquanto os líderes da Igreja de Antioquia adoravam o Senhor e jejuavam, eles ouviram a voz do Espírito Santo lhes dando uma ordem e direção. Entretanto, após ouvirem o comando, não o obedeceram de imediato. Apenas depois de jejuar e orar é que cumpriram o que lhes fora dito. Tempos depois, Paulo e Barnabé, os quais foram alvos da referida fala do Espírito Santo e da oração e jejum dos líderes de Antioquia, diante da importante decisão de estabelerem líderes nas igrejas que haviam fundado, também oraram e jejuaram.

Assim, podemos aprender que, para conhecer com segurança a vontade específica de Deus para a sua vida, ou para uma determinada situação, uma pessoa deve investir tempo em oração e jejum. Lembre-se, entretanto, que estamos tratando de vontades específicas, que não estão já reveladas na Palavra de Deus. Talvez para algumas de nossas perguntas e dúvidas, já haja respostas escritas na Bíblia. Temos que encontrar, aceitar e seguir essas palavras. Mas, para as vontades específicas e por vezes misteriosas, nada melhor do que separar um tempo de consagração e diálogo com Deus sobre isso. Não há melhor ambiente para se ouvir a voz de Deus do que o criado pela adoração, oração e jejum. Se você esperava encontrar uma receita nova e mirabolante, sinto muito por ter lhe frustrado. Foi isso que os cristãos primitivos fizeram. E me parece que foram bem-sucedidos em suas vidas.

Anúncios

Sobre insightscristaos

Samyr Trad é teólogo, administrador e pastor na Igreja Batista Central de Belo Horizonte.
Esse post foi publicado em Devocionais. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s