O ministério de Jesus e o ministério da Igreja

“Em meu livro anterior, Teófilo, escrevi a respeito de tudo o que Jesus começou a fazer e a ensinar, até o dia em que foi elevado aos céus, depois de ter dado instruções por meio do Espírito Santo aos apóstolos que havia escolhido” (Atos 1.1-2).

De acordo com Lucas, o seu primeiro livro, ou o seu Evangelho, registra o que Jesus começou a fazer e a ensinar. Sendo assim, em seu segundo livro, Atos, Lucas registraria o que Jesus continuou a fazer e a ensinar. Como Jesus continuou a sua obra, se, ao final do Evangelho segundo Lucas e no início de Atos, está escrito que ele foi elevado aos céus (Lucas 24.51; Atos 1.2)? A resposta está na Igreja. Jesus continuou a fazer e a ensinar através de seus apóstolos e discípulos, os quais, segundo o pensamento paulino, eram e são o corpo de Cristo.

Como Jesus realizou sua obra desde o seu batismo até à sua ascensão? De acordo com Lucas, por meio do Espírito Santo. Como ele continuaria a fazer e a ensinar através de sua Igreja? Certamente, também por meio do Espírito Santo.  Por isso, ele ordena aos apóstolos não sairem de Jerusalém, mas a esperarem pela promessa do Pai de batizá-los com o Espírito Santo (Atos 1.4-5). Jesus ainda disse que os seus apóstolos receberiam poder quando o Espírito Santo descesse sobre eles e seriam testemunhas dele por toda a terra (Atos 1.8).

Sendo assim, o chamado de Jesus para os seus discípulos é continuar a obra que ele começou a realizar por meio do Espírito Santo. Toda e qualquer coisa que não concordar com isso deve ser corrigida ou descartada. Fazer uma obra de homens e não a de Jesus não deve ser a prática da Igreja. Fazer uma obra no poder humano e não no do Espírito Santo é loucura que leva à esterilidade, pouca frutificação, sobrecarga e cansaço. O ministério da Igreja deve ser o ministério de Jesus.

Anúncios

Sobre insightscristaos

Samyr Trad é teólogo, administrador e pastor na Igreja Batista Central de Belo Horizonte.
Esse post foi publicado em Devocionais. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para O ministério de Jesus e o ministério da Igreja

  1. Pingback: O ministério de Jesus e o ministério da igreja | Circuito 4×4

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s