As sobrecargas do coração

Pregação realizada no dia 22 de julho de 2010, na Igreja Batista Central de Belo Horizonte

Texto-base: Lucas 21.34

I. Introdução:

  • O capítulo 21 do Evangelho segundo Lucas, nos versículos 5 a 38, tem um conteúdo escatológico. A Escatologia é o ramo da Teologia que trata sobre as últimas coisas, ou sobre os últimos dias. Por isso, esse capítulo é chamado de Sermão Profético. O chamado Sermão Profético está registrado nos três primeiros livros do Novo Testamento, que são denominados de Evangelhos Sinóticos, por causa de suas narrativas comuns e semelhantes. O texto deste sermão está no capítulo 21 de Lucas e é exclusivo a esse Evangelho. Trata-se, portanto, de um texto inserido em um contexto literário escatológico, que faz referência aos últimos dias;
  • Quando se darão os últimos dias? De alguma maneira, com base na Bíblia Sagrada, pode-se afirmar que os últimos dias já começaram. De acordo com as Escrituras, um dos eventos mais importantes desse período, se não o mais importante, é a volta de Cristo. A Bíblia diz que Jesus nasceu, viveu, morreu, ressuscitou, foi elevado aos céus e voltará. Quanto a isso, está escrito em Atos 1.9-11: “Tendo dito isso, foi elevado às alturas enquanto eles olhavam, e uma nuvem o encobriu da vista deles. E eles ficaram com os olhos fixos no céu enquanto ele subia. De repente surgiram diante deles dois homens vestidos de branco, que lhes disseram: ‘Galileus, por que vocês estão olhando para o céu? Este mesmo Jesus, que dentre vocês foi elevado aos céus, voltará da mesma forma como o viram subir’”;
  • A volta de Cristo inaugurará o fim dos tempos, sendo antecedida por sinais diversos, os quais são de cunho escatológico, como, por exemplo, falsos cristos, guerras e rebeliões, grandes terremotos, fomes e pestes, e perseguição aos cristãos (Lucas 21.8-18). Por que os últimos dias já começaram? Primeiramente, porque, para Jesus voltar, bastava ele ir. A partir do momento em que Jesus foi elevado aos céus, a qualquer momento ele poderia voltar. Isso é tão verdadeiro, que na Igreja do primeiro século havia a expectativa de que Jesus voltaria brevemente. Sendo assim, pode-se dizer que a ascensão de Jesus inaugurou os últimos dias na história. Em segundo lugar, porque, de alguma maneira, os sinais do fim dos tempos listados por Jesus têm acontecido nos últimos dois mil anos de história. Nesse período, foram registrados falsos cristos, guerras e rebeliões, grande terremotos, fomes e pestes, e perseguição aos cristãos? Certamente que sim;
  • Se os últimos dias já começaram, então, estamos vivendo nos últimos dias. Vale destacar que, com essa afirmação, não se está preocupado com se Jesus irá voltar daqui a um, dez, cem ou mil anos. O fato de dois mil anos já terem se passado desde a ascensão de Cristo não invalida o fato de estarmos vivendo os últimos dias. Se estamos vivendo os últimos dias, e o texto de hoje está inserido em um contexto escatológico, esse texto tem uma mensagem direta para nós hoje.

II. Desenvolvimento:

“Tenham cuidado, para não sobrecarregar o coração de vocês de libertinagem, bebedeira e ansiedades da vida, e aquele dia venha sobre vocês inesperadamente” (Lucas 21.34).

  • O que é sobrecarga? A sobrecarga se dá quanto alguma coisa, ou alguém, tem em si uma carga maior em quantidade e/ou peso do que sua capacidade de suporte. Para melhor se entender a sobrecarga, pode-se pensar em um caminhão de carga. Sendo assim, pode-se afirmar que a sobrecarga se dá quando alguma coisa, ou alguém, tem em si algo que não deveria estar carregando;
  • O presente versículo diz a respeito de se ter cuidado para não sobrecarregar o coração de libertinagem, bebedeira e ansiedades da vida, ou, segundo a versão Almeida Revista e Atualizada, orgia, embriaguez e preocupações deste mundo. Libertinagem é o pecado relacionado ao sexo. Bebedeira é o pecado relacionado à bebida alcoólica. Ansiedade é o pecado relacionado ao futuro;
  • Por que esses pecados podem sobrecarregar o coração e, por isso, devemos ter cuidado?
  1. Porque, como qualquer outro pecado, eles são uma carga-extra sobre o ser humano. Deus não criou o homem e a mulher para o pecado. Assim, quando pecamos, nos envolvemos com algo extra os propósitos de Deus para as nossas vidas;
  2. Por causa de suas conseqüências. A libertinagem, a bebedeira e a ansiedade têm sido dos pecados que maiores e mais intensas conseqüências têm trazido sobre o coração humano. Pense nas conseqüências que a prática desregrada do sexo, o consumo exagerado de bebida alcoólica e a ansiedade exacerbada têm provocado ao ser humano;
  3. Porque, tendo em vista as conseqüências, o Diabo, o nosso adversário, nos últimos dias, tem usado grandemente esses pecados como armas para matar, roubar e destruir o ser humano. A pressão do mundo, sistema anti-Deus liderado por Satanás, sobre o ser humano quanto à prática da libertinagem, bebedeira e ansiedade está forte e tem aumentado a cada dia mais;
  4. Porque esses pecados podem ser usados como válvulas de escape para situações de frustração, decepção e cansaço. Muitos buscam alívio e felicidade no sexo e no álcool, tornando-se ainda mais sobrecarregados com a sua prática pecaminosa;
  5. Porque esses pecados e suas conseqüências interferem drasticamente em nossa comunhão com Deus e podem, de alguma maneira, nos tornam despreparados para a volta de Cristo, o qual a de vir para todos os homens e de maneira inesperada (Lucas 21.34-35). Isso não quer dizer perda de salvação, mas, sim, perda de comunhão, benção, galardão ou evidência de que, na verdade, não houve nem há salvação;
  • Atualmente, há muitas pessoas, tanto de dentro quanto de fora da Igreja, que estão sobrecarregadas pelas conseqüências da libertinagem, da bebedeira e da ansiedade.

III. Conclusão: O que fazer?

  • Para você que é cristão e não está sobrecarregado, “estejam sempre atentos e orem para que vocês possam escapar de tudo o que está para acontecer, e estar em pé diante do Filho do homem” (Lucas 21.36);
  • Para você que é cristão e está sobrecarregado, trate os seus pecados mediante reconhecimento, confissão e arrependimento. Isso lhe dará perdão, purificação e cura. Além disso, confie no Senhor e se submeta à sua vontade;
  • Para você que não é cristão e está sobrecarregado, Jesus disse: “Venham a mim, todos os que estão cansados e sobrecarregados, e eu lhes darei descanso. Tomem sobre vocês o meu jugo e aprendam de mim, pois sou manso e humilde de coração, e vocês encontrarão descanso para as suas almas. Pois o meu jugo é suave e o meu fardo é leve” (Mateus 11.28-30).
Anúncios

Sobre insightscristaos

Samyr Trad é teólogo, administrador e pastor na Igreja Batista Central de Belo Horizonte.
Esse post foi publicado em Esboços. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s