Sobrecarga

“Tenham cuidado para não sobrecarregar o coração de vocês de libertinagem, bebedeira e ansiedades da vida” (Lucas 21.34).

Como você imagina uma sobrecarga?

Em um caminhão?

Em uma carroça?

Em um homem?

A sobrecarga se dá quando alguma coisa, ou alguém, tem em si uma carga maior em quantidade e/ou peso do que sua capacidade de suporte. A sobrecarga pode levar o motor de um caminhão a fundir, a tração animal de uma carroça a levitar e um homem a se cansar.

De acordo com Jesus, duas coisas, basicamente, podem sobrecarregar uma pessoa e levá-la ao cansaço: o pecado e a ansiedade. Por quê? Porque são duas coisas que não fomos criados para carregar. O ser humano foi criado para, à imagem e semelhança de Deus, relacionar-se com Ele. Em pecado, ele perde essa imagem e esse relacionamento. Sem esse relacionamento, ele se torna vulnerável e ansioso.

Quanto mais pecamos, mais sobrecarregados nos tornamos. Quanto mais as demandas da vida nos afligem, maior se faz a carga a ser suportada. Quanto ao pecado, Jesus é específico. Ele fala de libertinagem e bebedeira (NVI*), ou festas e bebedeiras (NTLH*), ou ainda, orgia e embriaguez (ARA*). Alguns se entregam a essas práticas na expectativa de aliviar a alma e alcançar a felicidade. É esse o resultado? Ou o objetivo é até alcançado, contudo momentaneamente, vindo, a posteriori, sobrecarga e tristeza? Tomemos o cuidado de ter uma carga de acordo com nossa capacidade de suporte, a qual foi estabelecida em quantidade, peso e qualidade pelo Criador.

*Siglas de Nova Versão Internacional, Nova Tradução na Linguagem de Hoje e Almeida Revista e Atualizada, três versões da Bíblia Sagrada em português.

Anúncios

Sobre insightscristaos

Samyr Trad é teólogo, administrador e pastor na Igreja Batista Central de Belo Horizonte.
Esse post foi publicado em Devocionais. Bookmark o link permanente.

2 respostas para Sobrecarga

  1. Elizabeth Duart disse:

    Estive meditando neste versículo 34, de Lucas 21 e pensei o seguinte: uma sobrecarga
    é o que se adiciona à carga que já se tem. Então, desde que a orgia não seja sobressalente, ou a embriaguez seja demasiada, tudo bem? Fui perguntar eme disseram que o texto foi mal traduzido do seu original. Como entendê-lo melhor?

    Curtir

    • Olá, Elizabeth!
      A orgia e a embriaguez são pecados. Isso é afirmado em outros textos das Escrituras, tais como Gålatas 5.19-21 e Efésios 5.18. Assim, a sobrecarga não é referente à prática da orgia e da embriaguez em demasia, mas, sim, à prática desses pecados em si. A sobrecarga se dá quando o pecado é praticado porque essa é uma carga que Deus não nos criou para carregar. Perceba que Jesus, no texto de Lucas em questão, não disse para termos o cuidado de não praticar o pecado em demasia, mas para termos o cuidado de não sobrecarregar o coração com a prática da libertinagem, da bebedeira e da ansiedade. Certamente, há como estar muito ou pouco sobrecarregado com essas práticas pecaminosas. Entretanto, sobrecarga é sobrecarga. Mesmo uma pequena sobrecarga, com o passar do tempo, pode exaurir as forças.
      Quanto ao texto em questão estar bem traduzido ou não, não posso te dar uma resposta precisa. Precisaria estudá-lo no original grego, o que ainda não fiz. Mas, a princípio, penso que ele não tenha erros de tradução, tendo em vista a comparação das versões em língua portuguesa às quais tenho acesso.
      Que o Senhor te abençoe e te guarde!
      Abraço,
      Samyr

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s