O Deus esquecido, Francis Chan

Terminei de ler no domingo passado, 06/06/2010, o excelente livro “O Deus esquecido”, de Francis Chan. Trata-se do melhor livro que já li sobre o tema do Espírito Santo. O autor equilibra bem o binômio Bíblia/Teologia e experiência, apesar de não ter se proposto a escrever um manual de Teologia Sistemática/Pneumatologia. Percebi que, além do seu conhecimento bíblico, Francis Chan também compartilha com os leitores a sua maturidade adquirida através das experiências que teve com a terceira pessoa da Trindade. Recomendo fortemente a sua leitura, principalmente pelo fato de o Espírito Santo, em geral, estar sendo esquecido e relegado a um segundo plano em nossas igrejas ou mal compreendido.

Quando Jesus disse aos seus discípulos, em João 15.4,5, “permaneçam em mim, e eu permanecerei em vocês. Nenhum ramo pode dar fruto por si mesmo, se não permanecer na videira. Vocês também não podem dar fruto, se não permanecerem em mim. Eu sou a videira; vocês são os ramos. Se alguém permanecer em mim e eu nele, esse dará muito fruto; pois sem mim vocês não podem fazer coisa alguma”, certamente, tinha em mente o Espírito Santo. Se Jesus é a videira e os discípulos os ramos, e sem estar conectado à videira um ramo não pode dar fruto, o que, de fato, capacita um ramo conectado à videira a frutificar é a seiva elaborada que aquele recebe desta. Essa seiva elaborada, não vista pelos olhos humanos, mas presente e atuante, é o Espírito Santo.

Anúncios

Sobre insightscristaos

Samyr Trad é teólogo, administrador e pastor na Igreja Batista Central de Belo Horizonte.
Esse post foi publicado em Livros. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s