Com coceira nos ouvidos

“Pois virá o tempo em que não suportarão a sã doutrina; ao contrário, sentindo coceira nos ouvidos, juntarão mestres para si mesmos, segundo os seus próprios desejos. Eles se recusarão a dar ouvidos à verdade, voltando-se para os mitos” (2Timóteo 4.3-4).

Você já sentiu coceira nos ouvidos? De acordo com o Dr. Dráuzio Varela, as inflamações do ouvido são chamadas de otites. No caso da coceira nos ouvidos, ela é chamada de otite externa, por atingir a região da orelha externa, que é revestida de pele e termina no tímpano. A causa mais comum para essa inflamação é a infecção por bactérias e fungos, que penetram através de lesões na pele da orelha externa, as quais podem ser provocadas por objetos, tais como cotonetes, atritos ao coçar ou secar o ouvido e pelo contato com água contaminada.

Coceira nos ouvidos é uma enfermidade presente na época do apóstolo Paulo e que ele previu que continuaria a existir em tempos futuros. Trata-se, provavelmente, de uma expressão popular para se referir às pessoas que procuravam ansiosamente conhecer as últimas notícias. Sentir coceira nos ouvidos era desejar ouvir alguma novidade. Algo próprio dos fofoqueiros e fofoqueiras de plantão.

No caso da fala de Paulo, contudo, sentir coceira nos ouvidos dizia respeito ao ato de negar o ensinamento que é de acordo com a vontade de Deus e buscar ouvir palavras que sejam segundo a vontade própria, conforme os desejos particulares. Sentir coceira nos ouvidos é procurar por pregadores que digam o que se quer ouvir e não a verdade que se precisa receber. Paulo disse a Timóteo que viria o tempo em que as pessoas teriam esse tipo de otite. Parece-me que esse é o nosso tempo.

Nossos dias são chamados de pós-modernos. São dias em que cada um tem a sua verdade e só tolera ouvir o que está de acordo com ela. E isso não está apenas nas ruas. Está dentro da igreja.

Assusta-me a quantidade de pessoas que quer vivenciar o Evangelho à sua maneira. Que não aceita se submeter à autoridade da Bíblia Sagrada. Que usa a desculpa de interpretações equivocadas ou múltiplas e variadas para justificar suas atitudes pecaminosas. São pessoas que estão com o coração em crise e que buscam aliviá-lo procurando por mensageiros que digam o que querem ouvir. São mimados que não aceitam agir de acordo com a vontade do Pai celestial.

Você tem coceira nos ouvidos? Dr. Dráuzio Varela diz que o tratamento inclui analgésicos, antibióticos e antifúngicos. A Bíblia Sagrada diz que a cura está em submeter-se às verdades da Palavra de Deus sem distorcê-las em favor próprio. Pense nisso e trata-se se estiver doente.

About these ads

Sobre insightscristaos

Samyr Trad é teólogo, administrador e pastor na Igreja Batista Central de Belo Horizonte.
Esse post foi publicado em Devocionais. Bookmark o link permanente.

5 respostas para Com coceira nos ouvidos

  1. Daniel Campos disse:

    De fato, muitas pessoas querem encontrar a si mesmas na Palavra. Muitas pessoas acham que a cruz foi apenas para Cristo, que o sofrimento, a perseguição por causa da justiça, e toda a rejeição por causa da verdade foi somente algo que Cristo precisava ter. Que só Deus precisa saber a verdade, e que nós podemos viver tateando, se é que o podemos achar.

    Mas a verdade é que essas pessoas não estão preocupadas nem em tatear. A verdade é que ele nos deixou exemplo para que seguíssemos os seus passos. A verdade é que temos velhas criaturas mesmo na igreja, que por causa de um evangelho anátema, fraco, que não é o poder de Deus para a salvação, mas um remédio para nosso ego que deseja amar apenas a quem amamos, está cega diante de sua própria incredulidade. O deus deste século cegou o entendimento dos incrédulos, e hoje a igreja prega um evangelho que não proporciona a cura dessa cegueira, e as pessoas usam uma suposta fé, não no Evangelho, não em Cristo, mas em um ritual de salvação, a saber, 4 points (ou quatro leis espirituais, ou cinco coisas que Deus quer que você saiba), para aliviar suas consciências cauterizadas e afirmar que estão salvos mesmo quando não há evidência santa disso.

    A verdade é que o crer vem pela pregação, e a pregação pela Palavra de Deus. Mas a igreja, do púlpito, tem fechado as Escrituras, com medo de que ela seja agressiva demais, ou que ela vá afastar as pessoas. Mas ela é a única coisa que pode falar eficazmente ao coração do homem para que ele seja salvo. Pois se eles não se deixam persuadir pelas Escrituras, muito menos serão convertidos, ainda que ressuscite alguém dentre os mortos.

    A verdade, triste, é que os pregadores tem substituído o Evangelho pelo evangelho. E Paulo temia isso. Por isso, antes desses versos desta reflexão, ele invoca o próprio Deus e Seu Filho para dar força à ordenança confiada a Timóteo: “Conjuro-te, perante Deus e Cristo Jesus, que há de julgar vivos e mortos, pela sua manifestação e pelo seu reino: prega a palavra, insta, quer seja oportuno, quer não, corrige, repreende, exorta com toda longanimidade e doutrina.”

  2. Pingback: Com coceira nos ouvidos | Prwagnerdesalles's Blog

  3. ivani disse:

    vcs ñ tem o q fazer???misturar biblia c/problema d saude isso ja é d+

    • Tulio disse:

      Aff, deixa de ser besta, Se usam tantas comparações nessa vida, porque não poderia ser diferente com a palavra de Deus? Cala boca antes de falar asneiras S

  4. Maria disse:

    Ivani pelo seu pequeno comentário, percebe-se como as janelas da inteligência de sua mente está fechada! Misericórdia pela sua alma.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s